Os Perigos da Contrafação na Cosmética



O ano de 2019 está a 2 dias de terminar e com ele decidi fazer um artigo de extrema importância: os perigos de material contrafeito na cosmética. Falo portanto, das réplicas.


Todos nós já tivemos contacto com esta realidade: material de aparência muito semelhante às marcas registadas a preços muito mais baixos. Aliás, é um cenário bem comum em alguns grupos de venda de maquilhagem nas redes sociais e EBay.


Apesar de ser crime, esse nem é o fator que nos deveria preocupar em primeiro lugar mas sim em que condições estes cosméticos falsificados são elaborados e quais os verdadeiros componentes químicos e suas percentagens nas fórmulas de composição.


Quando grupos de cosmética milionários, como por exemplo o grupo Estée Lauder ou L'Oréal gastam verdadeiras fortunas a investir em fórmulas originais, testes e condições de higiene, respeitando as leis laborais e também de saúde, nós sabemos que os cosméticos são fiáveis, seguros e que as mesmas empresas dispõem de meios suficientes para nos venderem beleza segura. Já o mesmo não acontece com as réplicas. Dificilmente conseguimos rastrear a origem do fabricante, mas sabemos que 98% são importados da China, sendo que estes "laboratórios" são clandestinos, não reunindo sequer condições de segurança e higiene suficientes para a formulação dos cosméticos. Aliás estes mesmos laboratórios funcionam à margem da lei e tendem a alterar as suas instalações assim que existem denúncias ou inspeções.



Laboratório Clandestino China


À parte de tudo isto e o que deveria assustar ainda mais são os químicos manipulados nas fórmula das réplicas. Desde fezes de rato, urina, amianto, chumbo, e muitos mais, estes são alguns dos componentes de maior parte das paletas de sombras e batons contrafeitos. As reações alérgicas, infeções bacterianas, conjuntivites e dermatites de contacto são as consequências mais comuns no entanto. No caso dos batons que levam uma derivação de chumbo (as réplicas mais conhecidas são os da MAC e Kylie Jenner), o mesmo poderá afetar a longo prazo a memória já que o cérebro reage a este composto. 99,9% destes cosméticos falsificados contêm substâncias cancerígenas que podem surtir casos de cancro a muito curto prazo.

São já conhecidos tantos relatos de clientes que compraram gato por lebre e ainda hoje pagam a fatura na saúde ao terem optado por comprar uma réplica, e não, não estou a enfatizar. Relatos destes estão disponíveis na internet todos os dias e cabe a nós consumidores parar este negócio mafioso que coloca em risco a nossa saúde, a dos nossos clientes e de pessoas que acabam por ceder à pornografia de preços que são oferecidos em muitos sites online e mesmo nas redes sociais.


Entendem uma coisa e este devia ser o primeiro sinal de alerta e não um apelo à compra, um baton da Kylie Jenner que tem um custo aproximado de 35.00€ e encontramos num grupo ou num site a 12.00€ não espere que o mesmo seja verdadeiro. Esperem sim que o mesmo tem uma embalagem muito idêntica mas que ao invés e ter sido formulado num ambiente sanitário legal, provavelmente foi formulado numa cozinha nojenta, sem qualquer higiene e sem haver sequer um único teste para verificarem se poderá ou não ter riscos para a saúde.


Embora hoje em dia hajam autoridades que vigiam, controlam e atuam sobre o mercado negro da cosmética de contrafação, a verdade é que as autoridades também admitem que apenas conseguem deter e apreender material aos vendedores de revenda no entanto é extremamente difícil conseguir chegar aos verdadeiros fabricantes e armazenistas. Portanto, não está somente nas mãos das autoridades a obrigação de intercetar estes criminosos que nos roubam a saúde mas também está no nosso poder e alcance denunciar todos os vendedores sejam em grupos de redes sociais ou até em sites de venda online (chamados beauty outlets). Cabe a nós ter o poder de escolha e dizer NÃO à compra de cosmética falsificada.



164 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Setembro... O Regresso

Vou começar este artigo com uma frase mais do que óbvia: 2020 foi um ano atípico. Cercados por uma pandemia que ditou a nossa rotina e o nosso futuro, a palavra resiliência foi a palavra de ordem. Fom

910661470

Avenida Drº Fernando Aroso, 935 4450-662 Leça da Palmeira

  • Facebook
  • Instagram

©2019 por Lia Cardoso Makeup. Orgulhosamente criado com Wix.com