Como tratar o melasma?


Estou certa que todos sabem o que é o melasma e de como este problema de pele condiciona a nossa autoestima. Neste artigo quero falar dos vários tipos de melasma, as suas causas mas também as opções de tratamento.





Definição


O melasma é caracterizado por manchas castanhas que surgem na pele, mais propriamente no rosto embora possam surgir em todo o corpo. É um dos problemas de pele mais comuns em mulheres e um dos mais difíceis de resolver.


Causas


Embora hajam vários fatores relacionados entre si, o melasma pode aparecer em qualquer altura, mais propício no período mais fértil da mulher por exemplo. A má e exagerada exposição solar, alterações hormonais como a gravidez, fatores genéticos, o uso de anti-concepcionais até algumas doenças do fórum hepático (problemas de fígado) ou problemas de tiróide. Cerca de 80% das mulheres de pele morena e com um fototipo mais amarelado têm predisposição a ganhar melasma.


Tipos de Melasmas / Manchas


  • Solares (lesões mais profunda até à derme)

  • Hormonais (normalmente mais superficiais)

  • Hemoglobina (causadas pela acne)



Tratamentos


Algo curioso sobre o tratamento do melasma é que cerca de 90% dos pacientes que a do desenvolvem buscam tratamentos para a mesma sempre no verão. Algo que é completamente errado já que as temperaturas altas e os raios solares irão potenciar e agravar o estado da pele.

Todo e qualquer tratamento para o melasma deve ser sempre feito durante o outono/inverno.



Cremes Clareadores


A solução mais económica e mais recorrente. Cremes à base de hidroquinona, ácido azelaico ou ácido glicólico e retinóico.

Embora tenham alguma taxa de sucesso os resultados demoram a aparecer o que para quem sofre de melasma poderá acabar por se sentir frustrado abandonar o tratamento. Considero, como skin expert, que estes cremes são bons para prevenir em conjunto com o uso de um bom FPS 50.





Peeling Químico


Neste tipo de tratamento são usados tónicos / esfoliantes químicos em altas concentrações (30 a 40% de concentração de ácido) para despigmentar a pele mais rapidamente.

Em 6 sessões já se notam grandes melhoras da pele embora a mesma apresente sinais de sensibilidade, razão pela qual não recomendo caso não tenha uma rotina de cuidados de rosto que busque a hidratação e nutrição constante da pele.

Por norma, em dermatologia usamos uma combinação de manipulados que promovam a esfoliação química da pele de forma mais rápida e dessa forma a remoção das manchas.

Saliento que este tipo de tratamento é altamente eficaz em manchas hormonais mas em manchas solares o resultado nunca será vitalício já que o tipo de lesão atingiu já a derme e as mesmas poderão voltar a aparecer.

O uso de protetor solar é obrigatório.


Laser Fracionado Não Ablativo





A grande vantagem é esse efeito "fracionado" que permite à pele uma recuperação muito mais rápida do que se toda área tivesse sido tratada de uma só vez, como acontece nos tratamentos a laser mais comuns e nos peelings químicos e físicos.


Essa recuperação fracionada da pele resulta numa reconstituição rápida da epiderme.

Nas zonas de áreas tratadas as ondas do laser vão penetrar profundamente na derme e, assim, eliminar as células pigmentadas que geram as manchas. Cada sessão tem como objetivo tratar de 12% a 50% da superfície da pele.

O uso de protetor solar é obrigatório após o tratamento.

Para pessoas de pele morena ou que tenham tendência a ter manchas é necessário um pré-tratamento com ácidos e despigmentantes.

Os resultados em percentagem na redução do melasma são variáveis e a remoção completa nem sempre é obtida, na média é possível obter 20% melhora por sessão.

São realizadas de 4 a 6 sessões com intervalos quinzenais.

A pele fica vermelha, sendo necessário o uso de proteção solar.



Como poderão ver, muitos são os tratamentos aos quais podemos recorrer no combate do melasma. É de relembrar que deve ser sempre analisado cada caso e desaconselho vivamente o uso negligente de tónicos despigmentantes na pele ou aplicação de tratamentos que lemos na internet. Cada caso é um caso até porque é fundamental perceber o que levou ao aparecimento desta patologia de pele para adequar o melhor tratamento a aplicar.



Quem daqui sofre diariamente com o melasma? Escrevam-me as vossas dúvidas e eu tentarei com a minha experiência e conhecimento o melhor tratamento personalizado.

Para quem me segue nas redes sociais saberá que dia 30 de Agosto das 09h00 às 19h00 irei ter um Open Day para aconselhamento personalizado de pele online. Se quiserem saber qual a melhor rotina de cuidados de rosto para a vossa pele não deixem passar este evento.

Para mais informações não hesitem em contactar via e-mail para o geral@liacrdosomakeup.com ou através do 910661470.




Uma boa semana!

Lia Cardoso



23 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Setembro... O Regresso

Vou começar este artigo com uma frase mais do que óbvia: 2020 foi um ano atípico. Cercados por uma pandemia que ditou a nossa rotina e o nosso futuro, a palavra resiliência foi a palavra de ordem. Fom

910661470

Avenida Drº Fernando Aroso, 935 4450-662 Leça da Palmeira

  • Facebook
  • Instagram

©2019 por Lia Cardoso Makeup. Orgulhosamente criado com Wix.com