Classificação de Tipos de Peles: Como se Classificam?





Há uns meses atrás ofereci um mini E-book de cuidados de pele e suas classificações. E mesmo nas masterclass gratuitas que fiz nas últimas semanas também abordei este tema, que para mim é o mais fundamental de todos.


Em Portugal, temos um estranho hábito de reduzir o diagnóstico facial aos lípidos e à água, algo que para mim não funciona nem tão pouco é suficiente.

Um verdadeiro diagnóstico de pele tem que ser mais profundo do que isso, tem que ir mais além, tem que dar uma resposta a vocês e sobretudo à vossa cliente. Só assim garantem um correto tratamento e uma boa aderência na fase da maquilhagem.

.

Não pode ser suficiente diagnosticar a pele em 5 tipos: pele seca, pele mista, pele normal, pele oleosa e pele sensível. Isto é um erro tremendo! Não podemos ser tão obtusos no momento de diagnosticar a pele e deveremos conseguir perceber a diferença entre um tipo de pele e um estado de pele. A ver se consigo exemplificar: uma pele seca pode ser sensível sim, mas também uma pele oleosa poderá ser sensível. A sensibilidade da pele não é um tipo de pele mas sim um estado de pele.


Na formação de dermocosmética toda esta análise é feita ao pormenor para que consigam perceber a importância de uma boa classificação de pele. Só assim conseguimos personalizar o nosso atendimento e torná-lo excelente e não apenas mediano. Com uma boa análise facial conseguimos resolver e tratar algumas patologias de pele dos nossos clientes e executar outros serviços, como a maquilhagem por exemplo, de forma satisfatória e rápida.


Deixo aqui a minha forma de classificar as caraterísticas da pele, mediante a sua divisão por 8 grupos:


- Classificação por epiderme

- Classificação por derme

- Classificação por lípidos

- Classificação por água

- Classificação por sensibilidade

- Classificação por oxigenação

- Classificação por graus de envelhecimento

- Classificação por manchas

- Classificação por fototipo de pele


Como podereis ver existem várias categorias que me impedem de classificar uma pele por exemplo como sendo "uma pele oleosa" apenas. É impossível recomendarmos um determinado tipo de produtos sem conhecer todos os aspetos e variáveis da pele.


No meu caso tenho uma pele mista, com epiderme fina, desidratada e desvitalizada, com um envelhecimento de grau II e com manchas de solares com um fototipo de pele IV. Analisando desta forma podemos concluir que a minha rotina de pele para uma pele mista é muito mais complexa do que para outras pessoas, por exemplo.


Tendo em conta toda esta classificação de pele, como classificam vocês a vossa pele? Ah, e não se esqueçam que a pele é um órgão e que poderá cambiar de estado mediante fatores externos mas também internos (como estados de saúde ou alterações hormonais).




74 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Setembro... O Regresso

Vou começar este artigo com uma frase mais do que óbvia: 2020 foi um ano atípico. Cercados por uma pandemia que ditou a nossa rotina e o nosso futuro, a palavra resiliência foi a palavra de ordem. Fom

910661470

Avenida Drº Fernando Aroso, 935 4450-662 Leça da Palmeira

  • Facebook
  • Instagram

©2019 por Lia Cardoso Makeup. Orgulhosamente criado com Wix.com